Skip to content

Após Caminhoneiros, Petroleiros declaram greve e TST “carimba” como ilegal

Após Caminhoneiros, Petroleiros declaram greve e TST “carimba” como ilegal published on Nenhum comentário em Após Caminhoneiros, Petroleiros declaram greve e TST “carimba” como ilegal
foto> O Estadão

Com o fim da mobilização do caminhoneiros, outro setor base da economia brasileira também resolveu decretar greve de no mínimo 72 horas, os petroleiros cruzaram os braços nesta quarta-feira (30) com pauta de caráter político e abusivo segundo o TST (Tribunal Superior do Trabalho).

Os petroleiros decidiram parar as atividades em apoio ao movimento dos caminhoneiros, além de criticar a gestão de Pedro Parente do comando da Petrobras e sequentemente pedindo sua destituição, entre outras reivindicações. A categoria exige a redução dos preços do gás de cozinha e dos combustíveis, também em sua pauta pedem a renúncia do presidente.

O Tribunal Superior do Trabalho multou em R$ 2 milhões os sindicatos que permanecessem aderindo a greve, entretanto tal paralisação não trará prejuízo diretamente nos brasileiros, tendo em vista o grande estoque durante a paralisação, sendo ressaltado pelos organizadores que não haverá falta de suprimento durante a mobilização dos petroleiros.

Com multa milionária a Federação Única dos Petroleiros (FUP) decidiu orientar os sindicatos da categoria retomar as atividades, extinguindo a greve dos mesmos. Ao qual boa parte dos trabalhadores da área já voltaram as suas atividades.

A Petrobras em nota, diz que: “Em algumas unidades operacionais não houve troca dos trabalhadores de turno. Equipes de contingência estão atuando onde necessário e não há impacto na produção”.

Deixe uma resposta

Primary Sidebar

Secondary Sidebar